quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Blade Runner

"Eu vi coisas que vocês humanos não acreditariam...
Todos estes momentos ficarão perdidos no tempo, como lágrimas
na chuva!" (Do filme Blade Runner)


A busca pelo sentido da vida. O tempo! Desesperadamente tempo. Criador e criatura. Dilemas morais e éticos. Blade Runner não é um filme qualquer. Têm seu lugar na história do cinema. Neste filme, a comunicação por telefone é feita de maneira que um interlocutor veja o outro através de uma tela. Surreal quando vi o filme. Acreditava que levaria muitos anos para ser possível. Não demorou. Já é uma realidade.
Muitas teses já foram desenvolvidas baseadas em Blade Runner. Não pretendo escrever mais uma. Usando a definição de Giovanni Alves, “Blade Runner é uma pequena odisséia de homens e mulheres, humanos e pós-humanos, em busca da sua identidade perdida.” Sem mais nenhum comentário, vejamos a cena.


video


Nenhum comentário: