terça-feira, 25 de maio de 2010

O império do sol


O império do sol talvez não seja o filme mais famoso de Steven Spielberg. Muitos talvez nem mesmo gostem do filme. Não é o meu caso. Adoro este filme. Muitos amigos destas reminiscências concordarão: O filme é cativante. Poético. A cena reminiscente escolhida do filme, minha preferida, traduz toda a beleza do filme. Para quem gostar, o nome da música cantada na cena é Suo Gan.

video

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Vento no litoral


“Agora está tão longe ver
a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...”
(Da música Vento no litoral (Legião Urbana)

Ultimamente as músicas da Legião Urbana são reminiscências freqüentes por aqui. Assim resolvi criar um espaço especial para elas: Legião Urbana músicas.
Sempre ouvi que Vento no litoral era a nossa música da Legião Urbana. Sempre discordei. A letra da música não correspondia com nossas vidas. Acreditava estar certo. Não estava. Como diz a música, “agimos certo sem querer. Foi só o tempo que errou”.


video


De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras

Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

Agora está tão longe
ver a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...

Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...

Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...

Olha só o que eu achei
Cavalos-marinhos...

Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

domingo, 16 de maio de 2010

O buquê de noiva


"A maior ofensa que podemos fazer aos homens
é ir de encontro aos seus costumes e cerimônias."

( Barão de Montesquieu )


O casamento é um dia especial. Óbvio. Trata-se de um ritual que atravessa séculos. São costumes passados de uma geração para outra. O buquê da noiva é uma destas tradições. Não é necessário explicações. Todos conhecem. Encontrei na internet um texto explicando que “O buquê de noiva está ligado à simbologia da vida. As flores são os órgãos reprodutores das plantas, portanto está ligada a fertilidade. Acredita-se que o buquê teria surgido na Grécia como uma espécie de amuleto contra o mau-olhado e. Esperava-se que o alho afastasse maus espíritos e as ervas ou grãos garantiam uma união frutífera.” Também recebi um vídeo explicando por que a noiva ficou encarregada de importante responsabilidade.
Alinhar ao centro
video

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Murphologia


Corolários (Continuação)

7 – Toda solução cria novos problemas.
8 – É impossível fazer qualquer coisa à prova de erros – os idiotas são muito inventivos.
9 – A natureza está sempre a favor da falha.
10 – A natureza é fogo.

A Filosofia Murphy:

Sorria... Amanhã será pior.

Constante de Murphy:

Tudo dá errado ao mesmo tempo.

Quantificação da lei de Murphy:

Tudo dá errado ao mesmo tempo.

(Continua...)

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Aspas reminiscentes


"Saudade é uma coisa que não tem medida,
é um vazio que a gente só pode preencher com a lembrança."
(Irene de Albuquerque)

quinta-feira, 6 de maio de 2010


“Quando me vi
Tendo de viver
Comigo apenas
E com o mundo
Você me veio
Como um sonho bom
E me assustei
Não sou perfeito...”
(Da música Teatro dos Vampiros)


Quem me conhece sabe. Minha vida é com trilha sonora. Algumas músicas podem expressar todos os sentimentos. Não é preciso muita explicação. Esta é uma delas. Está tudo lá, em cada palavra, como se fossem minhas...

video

“E nesses dias tão estranhos

Fica a poeira

Se escondendo pelos cantos

Esse é o nosso mundo

O que é demais
Nunca é o bastante
E a primeira vez

É sempre a última chance

Ninguém vê onde chegamos...”

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Torcida...


"Mesmo que tente distorcer a verdade,
certamente chegará o momento em que ela será provada, ou melhor,
devemos comprová-lá a todo custo. Da mesma forma, mesmo que o mal
seja camuflado por todos os meios, ele será um dia desmascarado
para então encontrar a sua ruína e desaparecer."
( Daisaku Ikeda )

video

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Tempo... tempo... tempo


"O Tempo perguntou ao tempo
quanto tempo o tempo tem, o Tempo respondeu ao tempo que o
tempo tem tanto tempo quanto tempo, tempo tem."