sábado, 26 de novembro de 2011

Para uma vida plena, pense na morte - Stela Santin



"Temer o amor é temer a vida,
e aqueles que temem a vida já estão praticamente mortos."
(Bertrand Russell)
Stela Santin Escreve na Revista eletrônica Papo de Homem. Uns dias atrás li um de seus artigos: Para uma vida plena pense na morte. Recomendo a leitura. Um trecho em especial é capaz de resumir tudo: “Acho que um bom médico deveria dar o mais útil dos diagnósticos a todos os seus pacientes. Imagine o seu cardiologista dizendo: Seus dias estão contados. Você tem, no máximo, mais 60 anos de vida. Isso se tiver muita sorte”. Perfeito. E quando paramos para pensar, não temos tanto tempo assim.
Um brinde ao Big Bear (Here’s to big Bear), de Joachim Back para Chivas Regal. O “curta metragem” talvez seja um pouco longo para os padrões atuais dos internautas. Não importa.

video

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Contrex - Ma Contrexpérience

"Na minha experiência, há só uma motivação,
e isso é o desejo. Nenhuma razão ou princípio contêm
ele ou se levantam contra ele".
(Jane Smiley)

video

Para perder peso de forma eficaz e permanente. Não há milagre. O segredo é adotarmos uma dieta equilibrada e fazer exercício físico regularmente. E claro, beber água. “A Contrex, marca de água mineral francesa, criou uma ação divertida na capital Paris com a mensagem mais sincera possível sobre emagrecimento: só se consegue com esforço”. (Galo Clandestino)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Coragem (Elos do castelo) - Romir Fontoura


As cores que agem nas vestes da coragem, o espelho que exibe sua imagem. A eximia existência; insistência e resistência, medo por aqui não tem residência. Alugue seu terreno e construa seu “castelo” de pedra em pedra, de elo em elo... Lá no alto, bem lá do alto empunhe sua bandeira, como quem risca no corpo uma tatuagem; Em letras bordadas e expansivas: “CORAGEM”
(Romir Fontoura em Ritos e escritos)

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Contágio


video

Contágio. Ninguém está imune ao medo. Amigos leitores destas reminiscências. Cuidado. Esta é uma dica de filme às avessas. Explico: a maioria das pessoas que conheço, acreditem, detestará Contágio (Contagion). Eu não. Talvez seja mais um caso daqueles; filmes que só eu gosto. Sei lá.
Para começar o filme tem a direção de Steven Soderbergh. Gosto do diretor e de como ele conduz seus filmes. “A ideia de Contágio é contar não apenas como o apocalipse se aproxima e se estabelece, mas acompanhar a reação do cidadão comum e das principais instâncias de poder do mundo diante do fim iminente”. Se estiver interessado, leia a crítica completa de Marcelo Hessel no site Omelete.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Flexão gramatical



Entrelinha poderia ser definida como o espaço entre duas linhas. Simples. Mas nada é simples. O sentido implícito. O que não foi escrito ou falado. Então, interpretamos. E, tratando-se de interpretação, cada um tem a sua. Assim, encontre-se na entrelinhas...

"O segredo é não cuidar das borboletas
e sim cuidar do jardim para que elas venham até você."
Descobri que talvez seja apenas uma questão de flexão gramatical. Exatamente. Singular e plural. Singular refere-se a uma única coisa. Um indivíduo. Uma coisa. Uma ideia. “As pessoas não se precisam, elas se completam... Não por serem metades, mas por serem inteiras; dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida”*. Questão de saber exatamente quem você é. Esta história da flexão gramatical deveria valer para todas as relações humanas. Evidentemente, cada um faz aquilo que bem entende. Se alguém resolveu viver no singular é problema dele. Um direito. Mas, qualquer relacionamento, intrinsicamente, nos faz pensar de forma plural. Pelo menos, assim deveria ser. Viver também. Sou plural. “No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!”. *

* Citações de Mário Quintana em Borboletas

terça-feira, 8 de novembro de 2011

David Cornfield Melanoma Fund


"Você pode conseguir qualquer coisa que queira na vida, se você ajudar o suficiente outras pessoas a conseguirem o que elas querem”.(Zig Ziglar)

video

Não quero levar para o lado pessoal. Não se trata apenas de minhas reminiscências. Apesar é claro, de ser inevitável.
The David Cornfield Melanoma Fund, entidade fundada com a finalidade de salvar vidas simplesmente difundindo o conhecimento sobre o melanoma e sua gravidade. No site da fundação, a esposa de David Cornfield, explica como surgiu a ideia: “Meu marido era um homem extraordinário que tocou muitas vidas durante seus 32 anos. A minha esperança é que o compartilhamento de sua história e a realização de seus desejos poderá ajudar os outros e farão a diferença na luta contra o melanoma. Seu sorriso, sua ambição, sua força, integridade e vontade de ajudar os outros continuam a viver naqueles que o conheceram e amaram. Seu legado vai viver.”
O vídeo foi criado com esta finalidade. Segundo o site Saber é bom demais, ”o vídeo não foi realizado por atores, mas sim por vítimas, pessoas que venceram, ainda lutam ou perderam familiares para o câncer. No site da fundação, tem a biografia de cada um deles”.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

U22


'U22' - The Ultimate U2360° Set list. Votação promovida pelo site U2.com para escolher as 22 melhores músicas do U2. Ou algo do tipo. Achei que seria difícil selecioná-las entre tantas. Não foi. Complicado foi colocá-las em uma ordem. Muitas são clássicas. Devem fazer parte de muitas listas. Aqui estão minhas 22 músicas preferidas da banda.

1 Where the Streets Have No Name
2 City of Blinding Lights
3 Bad
4 Walk On
5 Beautiful Day
6 Magnificent
7 Yahweh
8 Miss Sarajevo
9 New Year's Day
10 Sunday Bloody Sunday
11 Elevation
12 One
13 I Still Haven't Found What I'm Looking For
14 Desire
15 Out Of Control
16 When I Look At The World
17 With or Without You
18 Gloria
19 Mysterious Ways
20 The Electric Co.
21 Stay
22 Staring At The Sun

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A escolha importante...


Reticências. Três pontos. Do latim: reticere (calar alguma coisa). Indica pensamento ou idéia que ficou por terminar. Omissão de algo que podia ser escrito. Mas não foi. Reticências.
----------------------

Grey's Anatomy sempre foi uma de minhas séries preferidas. Em outra vida. Outra; assim parece. Uma frase ficou como aprendizado. "A vida humana é feita de escolhas. Sim ou não. Dentro ou fora. Em cima ou embaixo. E também há as escolhas que importam. Amar ou odiar. Ser um herói ou um covarde. Brigar ou se entregar. Viver ou morrer. Essa é a escolha importante. E nem sempre ela está em suas mãos". É isso. Nem sempre. Reticências.