terça-feira, 16 de março de 2010

City of Blinding Lights


Não à toa, este blog recebeu o nome de Reminiscências. Os lugares em que estive; as coisas que vi e as pessoas que comigo estiveram, ficaram e estarão sempre de maneira muito especial, retidas em minha memória. Não tenho certeza se conseguirei manifestar meus sentimentos através de palavras. Muitas vezes não. Mas é possível, ao menos, exibir alguns destes momentos. É o que acontecerá em Reminiscências de quem estava lá. Espero que também tenham a oportunidade de reviver algumas lembranças adormecidas...

video

Quanto mais você vê menos você sabe
Menos você descobre conforme você caminha
Eu sabia muito mais do que eu sei agora


Poucas vezes me emocionei tanto. Ainda hoje é inevitável ao recordar. A música City of Blinding Lights abriu o show da turnê Vertigo do U2.

Coração de néon, olhos dayglo
Uma cidade iluminada por vaga-lumes
Eles estão anunciando nos céus
Para pessoas como nós

E eu sinto sua falta quando você não está por perto
Eu estou me preparando para sair do chão...
Oh, você está tão linda esta noite
Na cidade das luzes ofuscantes

20 de fevereiro de 2006. O show para mim é cercado de simbolismos. Sempre foi. Hoje, a lembrança torna-se quase insuportável.

Não olhe antes de rir
Parece feio numa fotografia
Flashes, íris avermelhadas
A câmera não pode ver

Eu vi você caminhar sem medo
Eu vi você nas roupas que você fez
Você consegue ver a beleza dentro de mim?
O que aconteceu com a beleza que eu tinha dentro de mim?

Para falar a verdade, estou tentando escrever. Faltam-me palavras. Sobram sentimentos. Perdoem a minha melancolia. Mas no momento é assim que me sinto. Claro, não poderia ser diferente. Talvez seja esta a forma de demonstrar toda a minha tristeza.

E eu sinto sua falta quando você não está por perto
Eu estou me preparando para sair do chão...

Oh, você está tão linda esta noite
Na cidade de luzes ofuscantes

Ao ver as imagens do show e a letra da música posso entender. Para falar a verdade, tentei rever o vídeo. Não consegui. A lembrança... A letra...

Tempo, tempo
Não vai me deixar do jeito que eu sou
Mas o tempo não vai levar o garoto que esta dentro desse homem


Nenhum comentário: